Voltar •  2014   •  2013   •  2012   •  2011   •  2010   •  2009   •  
  
 
Quinta do Vale Meão 2010
Douro Tinto

Relatório da Vindima:

Vivemos o Inverno e a Primavera mais chuvosos dos últimos anos, com cerca do dobro da média anual apenas até ao mês de Maio. Tal situação proporcionou um nível de água do solo de tal forma elevado, que não se verificou níveis severos de stress hídrico no decorrer do ano agrícola. Apesar de tudo, houve uma incidência baixa de doenças.
O Verão foi quente e seco, mas a água ainda existente no solo permitiu suportar facilmente o período estival. Verificamos um atraso generalizado no ano agrícola de cerca de 15 dias, tendo-se iniciado a vindima a 6 de Setembro.
Como a maturação foi muito equilibrada, também a vindima decorreu num ritmo lento, vindimando-se parcela a parcela de acordo com o seu nível óptimo de maturação.



Castas:

60% Touriga Nacional, 30% Touriga Franca, 5% Tinta Roriz, 3% Tinta Barroca, 2% Tinto Cão



Vinificação:

Após esmagamento as uvas passam por um choque térmico seguido de pisa a pé durante quatro horas em lagares de granito. O mosto é transferido para cubas de vinificação de pequena capacidade com controlo de temperatura. As castas são vinificadas separadamente.
 Estágio em barricas (80% novas e 20% de segundo ano) de 225 litros, de carvalho francês.



Notas de Prova:

Cor viva denotando muita juventude, aroma intenso e fresco com notas cítricas, florais e de frutos silvestres. Na prova surpreende pelo extremo equilíbrio, complexidade, integração da madeira e excelente acidez, com nuances de frutos pretos e vermelhos e um comprimento muito longo e complexo.



Crítica

92 Wine Advocate

18 Revista de Vinhos

90 Wine & Spirits

93 Wine Spectator

      


 
 
 
© Quinta do Vale Meão 2018