Voltar •  2015   •  2014   •  2013   •  2012   •  2011   •  2010   •  
  
 
Quinta do Vale Meão 2011
Douro Tinto

Relatório da Vindima:

Após um longo inverno, frio e chuvoso, a primavera chegou com a precipitação média para o ano já atingida - cerca de 400 mm. Esta situação permitiu um abrolhamento mais cedo do que o normal, com um rendimento promissor em vista. Os dias de chuva durante a primavera causaram alguns riscos míldio, ainda que não significativas na nossa Quinta, mas causando danos graves na região. Os níveis de água no solo, após um um Inverso e Primavera chuvosos, permitiu que às plantas passar o verão sem stress severo, mas a data de abrolhamento antecipada obrigou-nos a iniciar a vindima no dia 23 de agosto. Poucos dias após deste início, tivemos 15 mm de chuva em dois dias consecutivos, o que foi benéfico para equilibrar a maturação de Touriga Nacional e Touriga Franca, colhida na segunda semana de setembro. Até o final da vindima, tivemos um clima perfeito, ensolarado e ameno, o que nos permitiu vindimar a uva devagar e escolher o momento ideal para colher cada uma aas variedades diferentes.



Castas:

55% Touriga Nacional, 34% Touriga Franca, 6% Tinta Barroca e 5% Tinta Roriz.



Vinificação:

Após esmagamento as uvas passam por um choque térmico seguido de pisa a pé durante quatro horas em lagares de granito. O mosto é transferido para cubas de vinificação de pequena capacidade com controlo de temperatura. As castas são vinificadas separadamente.
 Estágio em barricas (80% novas e 20% de segundo ano) de 225 litros, de carvalho francês.



Notas de Prova:

Muito concentrado na cor. Nariz de grande profundidade, complexo, com muitas nuances aromáticas, sem que nenhum aroma se sobreponha a outro. Na prova é vibrante, num conjunto de grande elegância, excelente integração da madeira, surpreende pela grande variedade de sabores, com um final de boca muito longo.



 
 
 
© Quinta do Vale Meão 2018